SOLUÇÕES
Tintas Lacca
Tintas Lacca
Soluções Construção Civil
SOLUÇÕES - Construção Civil
Defeitos na Película Aplicada
 
 
CAUSA
O produto é fortemente absorvido pelo suporte, irregularmente, dando um aspecto de pouco enchimento
SOLUÇÃO
Poderá estar-se na presença de suportes de qualidade muito baixa ou de madeiras com poro muito profundo. Deve ser revisto o esquema de acabamento: utilizar um isolante, escolher produtos com elevado teor em sólidos, aplicar mais que uma demão de produto, conforme a situação específica.
 
 
CAUSA
Presença de bolhas na superfície da película
SOLUÇÃO
Poderá ter sido aplicada uma camada excessiva, a qual começou a secar à superfície sem que todos os solventes se tenham libertado do interior. É preferível aplicar duas demãos, em vez tentar obter um bom enchimento e nivelamento apenas com uma aplicação de produto.
A viscosidade do produto poderá estar demasiado alta ou muito baixa. É necessário corrigir a diluição do produto.
O suporte poderá estar a uma temperatura muito baixa. Neste caso, convém colocar as peças numa zona onde a temperatura ambiente se situe entre os 15° C e os 23°C.
A humidade relativa no ambiente poderá estar acima dos 80%. Recomenda-se que o teor em humidade no ambiente não ultrapasse os 75% e que na madeira se situe entre 8% e 14%.
A pressão da pistola pode ser elevada, sendo necessário corrigi-la em função da aplicação em causa.
 
 
CAUSA
Presença de substâncias gordurosas e sujidade na superfície ou no equipamento
SOLUÇÃO
É necessário identificar a origem das partículas gordurosas e da sujidade (óleos de lubrificação, produtos de limpeza, ceras, excesso de vapor de água nas tubagens de ar comprimido, etc.). Uma vez identificada a causa do problema, é necessário eliminá-lo. É necessário efectuar regularmente a purga do equipamento.
CAUSA
Presença no ambiente ou na superfície da peça, de produtos com silicone
SOLUÇÃO
Identificar a sua proveniência e tentar eliminar a causa.
CAUSA
Contaminação do produto com outro de natureza incompatível
SOLUÇÃO
É necessário limpar adequadamente o equipamento que serviu para aplicar o outro produto, de modo a impedir a contaminação de outros de natureza diferente.
CAUSA
Presença de correntes de ar na zona de aplicação e de secagem
SOLUÇÃO
Corrigir o problema do local, impedindo a formação de fortes correntes de ar nestas zonas.
CAUSA
Aplicação do produto a uma viscosidade alta
SOLUÇÃO
É necessário diluir o produto adequadamente.
CAUSA
Adição de produtos incompatíveis
SOLUÇÃO
No caso de se adicionarem corantes ou aditivos ao produto, é necessário verificar que são compatíveis entre si.
 
 
CAUSA
O produto escorre ao longo da superfície aplicada
SOLUÇÃO
Pode-se ter aplicado uma camada excessiva. Se for o caso, deve aplicar-se uma camada mais fina.
O produto poderá estar muito diluído. Pode ainda estar diluído com um Diluente retardante, o que impede a secagem à superfície com a rapidez necessária. Além da viscosidade baixa no produto, também pode dever-se a uma pressão da pistola demasiado reduzida. Nestes casos, convém utilizar um Diluente que acelere a secagem e regular a pressão para o tipo de acabamento em causa.
 
 
CAUSA
A cor da película aplicada não é uniforme
SOLUÇÃO
É necessário assegurar-se que o produto está devidamente misturado e bem mexido, antes de fazer a aplicação. No caso de ainda assim, se verificar este defeito, é necessário substituir o produto.
 
 
CAUSA
O produto foi aplicado com uma viscosidade elevada
SOLUÇÃO
Diluir de forma a reduzir a viscosidade para o valor recomendado.
CAUSA
O produto foi aplicado com um diluente que provoca a secagem demasiado rápida
SOLUÇÃO
Utilizar um diluente adequado, mais lento.
CAUSA
O produto foi aplicado sobre um suporte inadequado
SOLUÇÃO
Rever o esquema de aplicação e os produtos usados, para o suporte em causa.
 
 
CAUSA
A película seca muito rapidamente
SOLUÇÃO
Poderá haver uma temperatura ambiente demasiado alta. Neste caso, será necessário favorecer o arrefecimento, de modo a trabalhar com temperaturas que não excedam os 30° C.
Poderá haver excesso de um dos componentes da mistura, no caso de produtos catalisados. Neste caso, é necessário corrigir o problema, utilizando a proporção correcta.
Poderá recorrer-se a Diluentes retardantes, nos casos em que se torna difícil corrigir a temperatura ambiente.
CAUSA
A película está com uma secagem muito lenta
SOLUÇÃO
Poderá haver uma temperatura ambiente muito baixa. Será necessário aquecer o ambiente, de modo a trabalhar com temperaturas acima dos 15° C.
No caso de produtos catalisados, poderá faltar um componente, ou estar em proporção inferior ao recomendado.
Pode-se recorrer, em alguns casos, a Diluentes que promovem uma maior rapidez na secagem.
Defeitos na Superfície

 
Superfícies Novas
CAUSA
Paredes com fissuras
SOLUÇÃO
Reparar todas as fissuras e buracos, utilizando um pouco de gesso misturado com tinta, ou MASSA DE REGULARIZAÇÃO DURIX. Depois da superfície devidamente seca, passar com lixa de grão fino até nivelar a superfície e deixá-la macia
CAUSA
Paredes com gorduras ou poeiras
SOLUÇÃO
Lavar bem as paredes, utilizando água.

 
Repintura de Superfícies
CAUSA
Paredes anteriormente caiadas
SOLUÇÃO
Escovar muito bem a superfície, de modo a retirar toda a cal. Em seguida, lavar com água limpa. Antes de aplicar a tinta, deve ser aplicado o ISOLANTE LACOLITE.
CAUSA
Paredes anteriormente pintadas
SOLUÇÃO
Retirar toda a tinta velha mal aderente ou empolada, raspando-a. Passar em seguida uma lixa de grão fino nas zonas afectadas, a fim de nivelar a superfície. As superfícies brilhantes devem ser lixadas, eliminando o brilho. As zonas atingidas por fungos, com coloração escura, devem ser lavadas cuidadosamente com uma solução de lixívia ( cerca de 10% de lixívia concentrada, em água ). Em seguida devem ser passadas por água limpa.

 

 
Madeiras Novas
CAUSA
Existência de fendas e espaços entre as juntas
SOLUÇÃO
Reparar as fendas e as juntas da madeira com o BETUME INCOLOR PARA MADEIRA. Depois da superfície devidamente corrigida, passar com uma lixa de grão fino até obter um bom nivelamento, deixando a madeira lisa.

 
Madeiras Já Pintadas
CAUSA
Tinta antiga em mau estado
SOLUÇÃO
No caso da tinta antiga estar estalada ou em mau estado, deve ser completamente removida.
No caso da pintura anterior estar em bom estado, deve ser feita uma lixagem.
É importante assegurar-se de que a superfície está isenta de gorduras. Quando se pretende pintar caixilhos de janelas, deve-se retirar previamente a massa de calafetar os vidros que esteja partida ou a soltar-se, aplicando em seguida massa nova. A pintura só deve ser feita depois da massa do vidros estar devidamente seca.

 
Envernizamento de Madeiras Novas
CAUSA
Existência de fendas e espaços entre as juntas
SOLUÇÃO
Reparar as fendas e as juntas da madeira com o BETUME INCOLOR PARA MADEIRA. Depois da superfície devidamente corrigida, passar com uma lixa de grão fino até obter um bom nivelamento, deixando a madeira lisa.

 
Envernizamento de Madeiras Já Envernizadas
CAUSA
Verniz antigo em mau estado
SOLUÇÃO
No caso do verniz antigo estar em mau estado, deve ser completamente removido.
No caso do envernizamento anterior estar em bom estado, deve ser feita uma boa lixagem. É importante assegurar-se de que a superfície está isenta de gorduras.
Quando se pretende envernizar caixilhos de janelas, deve-se retirar previamente a massa de calafetar os vidros que esteja partida ou a soltar-se, aplicando em seguida massa nova. O envernizamento só deve ser feito depois da massa do vidros estar devidamente seca.

Defeitos Detectados no Produto a Utilizar
 
 
CAUSA
Verifica-se a separação de alguns pigmentos, na superfície da tinta
SOLUÇÃO
Homogeneizar muito bem, com agitação forte, até a cor ficar uniforme. Caso este defeito se deva à excessiva diluição, deve-se ajustar a viscosidade, adicionando produto não diluído.
CAUSA
Verifica-se a separação de alguns pigmentos, que depositam no fundo da embalagem
SOLUÇÃO
Homogeneizar muito bem, com agitação forte, até a cor ficar uniforme. Deve evitar-se a permanência em stock durante muito tempo.
 
 
CAUSA
A embalagem foi mal fechada
SOLUÇÃO
Retirar com cuidado toda a pele e em seguida filtrar o produto. Depois de aberta, a embalagem deve ser bem fechada para permitir a nova utilização do produto, em perfeitas condições.
CAUSA
A embalagem esteve muito tempo em armazém
SOLUÇÃO
Retirar com cuidado toda a pele e em seguida filtrar o produto. Deve ser feita a correcta rotatividade dos stocks: gastar sempre em primeiro lugar o produto mais antigo; no armazém, colocar sempre à frente o produto mais antigo.
CAUSA
A embalagem esteve armazenada a uma temperatura elevada
SOLUÇÃO
Retirar com cuidado toda a pele e em seguida filtrar o produto. As embalagens devem ser mantidas a uma temperatura inferior a 45° C, em local seco, arejado, afastado de calor e da luz solar directa

 

 
 
CAUSA
O produto não foi devidamente filtrado na fase final de produção
SOLUÇÃO
Filtrar o produto, caso a operação não seja muito morosa. Devolver e substituir por outro lote.
CAUSA
O produto foi embalado a uma temperatura demasiado alta e a pele formada na superfície de contacto com a embalagem dispersou-se no produto
SOLUÇÃO
Filtrar o produto, caso a operação não seja muito morosa. Devolver e substituir por outro lote.
CAUSA
O produto está contaminado com ferrugem proveniente da lata
SOLUÇÃO
Devolver e substituir por outro lote
 
 
CAUSA
A embalagem esteve muito tempo em armazém
SOLUÇÃO
Mexer muito bem o produto, até que o precipitado se incorpore no resto do produto. Em certos casos, pode ser necessária a agitação mecânica para efectuar a correcta homogeneização.
CAUSA
O produto está demasiado diluído
SOLUÇÃO
Mexer muito bem o produto, até que o precipitado se incorpore no resto do produto. Em certos casos, pode ser necessária a agitação mecânica para efectuar a correcta homogeneização.
 
 
CAUSA
O produto está com a viscosidade mais alta, devido à evaporação dos solventes
SOLUÇÃO
Adicionar o diluente adequado e mexer muito bem. A viscosidade deve ser corrigida para o valor da especificação. Deve ter-se o cuidado de tapar muito bem a embalagem.
CAUSA
O produto está com a viscosidade mais alta, devido ao armazenamento a baixas temperaturas
SOLUÇÃO
Colocar a embalagem num local aquecido, de modo a elevar a temperatura do produto a um valor situado entre os 15° C e os 23° C.
CAUSA
O produto está com a viscosidade mais alta, porque a embalagem esteve muito tempo em armazém
SOLUÇÃO
Colocar a embalagem num local aquecido, de modo a elevar a temperatura do produto a um valor situado entre os 15° C e os 23° C. Adicionar o diluente adequado e mexer muito bem. A viscosidade deve ser corrigida para o valor da especificação.
CAUSA
O produto está com a viscosidade mais alta, porque o produto iniciou a reacção com a humidade do ar
SOLUÇÃO
Proceder à substituição do produto
CAUSA
O produto está gelificado
SOLUÇÃO
Proceder à substituição do produto.
CAUSA
O produto está com a viscosidade mais baixa
SOLUÇÃO
Se for o caso de um produto de base nitrocelulósica, pode estar em decomposição. Proceder à substituição do produto.
Quero ser contactado
Contacte-nos
Newsletter Tintas Lacca
Guia de Pintura

© Tintas Lacca - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Trimerang.com