SOLUÇÕES
Tintas Lacca
Tintas Lacca
Soluções Mobiliário
SOLUÇÕES - Mobiliário
Aplicação Convencional com Pulverização de Ar, Airless ou Airmix
 
 
CAUSA
Não há produto no recipiente.
SOLUÇÃO
Encher o recipiente de produto.
CAUSA
O filtro do liquido está obstruído.
SOLUÇÃO
Limpar o filtro. Verificar se o produto está sem partículas ou alguma outra sujidade.
CAUSA
O tubo está obstruído.
SOLUÇÃO
Limpar o tubo. Comprovar a limpeza da tinta.
CAUSA
A agulha do liquido está partida.
SOLUÇÃO
Substitua-a.
CAUSA
O orifício de saída do tubo é demasiado pequeno para o tamanho das partículas de pintura que o atravessam (especialmente em pinturas de metal).
SOLUÇÃO
Utilizar um tubo com um orifício maior.
 
 
CAUSA
A atomatização do produto não foi a mais correcta.
SOLUÇÃO
Diminuir a pressão do material diminuindo o tamanho do bico da pistola e/ou aumentar a pressão de ar.
CAUSA
O verniz não se aplicou à temperatura recomendada.
SOLUÇÃO
Ajustar a temperatura para os valores aconselhados ( 18 - 22ºC ).
CAUSA
A viscosidade do produto está fora da gama recomendada.
SOLUÇÃO
Assegure-se de que todos os recipientes estão bem fechados. Inspeccionar possíveis perdas de solvente. Comprovar a viscosidade de uma amostra do mesmo lote, cuja embalagem esteja intacta.
CAUSA
O verniz não está correctamente formulado. Nota: Não se pode assumir esta possibilidade sem ter rejeitado as anteriores.
SOLUÇÃO
Reformular o verniz até conseguir eliminar a casca de laranja.
 
 
CAUSA
A película do produto é demasiado grossa.
SOLUÇÃO
Diminuir a pressão do fluido para que chegue menos material ao suporte. Reduzir o tamanho do bico da pistola. Também pode ser necessário ajustar a largura do leque da pistola.
CAUSA
A velocidade da linha aumentou, provocando um curto tempo de arejamento.
SOLUÇÃO
Diminuir a velocidade da linha até ao valor recomendado, para que os solventes evaporem antes da secagem superficial.
CAUSA
A viscosidade do produto é demasiado alta.
SOLUÇÃO
Baixar a viscosidade até ao nível recomendado. Assegurar-se de que o C.O.V. (Componentes Orgânicos Voláteis) não excede o máximo permitido.
CAUSA
Há uma circulação de ar elevada que faz com que a superfície da película seque demasiadamente depressa.
SOLUÇÃO
Reduzir a corrente de ar para que a superfície não seque tão rapidamente.
 
 
CAUSA
Gordura ou humidade proveniente do circuito do ar está a chegar ao material durante a aplicação.
SOLUÇÃO
Purgar o circuito do óleo ou instalar uma válvula. Um secador de ar também ajudaria a solucionar o problema.
CAUSA
Contaminação do ar por partículas que estão a cair na madeira.
SOLUÇÃO
Verificar se têm surgido condições invulgares no recinto. Muitas vezes a contaminação é à base de silicone; verificar principalmente as áreas onde se utilizam este tipo de produtos. É um problema difícil de resolver.
CAUSA
Poeiras, fuligem ou partículas que ficaram de um tratamento anterior.
SOLUÇÃO
Aplicar as medidas indicadas para os problemas que podem surgir no pré-tratamento.
CAUSA
O ar comprimido está contaminado.
SOLUÇÃO
Instalar um secador de ar comprimido.
CAUSA
A bomba utilizada para o material está a verter óleo sobre o produto.
SOLUÇÃO
Reparar a bomba. Tentar utilizar como lubrificante da bomba o fosfato de tricresylo, já que é compatível com muitos produtos.
 
 
CAUSA
As madeiras foram manipuladas incorrectamente no pré-tratamento.
SOLUÇÃO
Não manipular as peças depois do pré-tratamento. Se isto não se pode evitar, utilizar luvas de algodão limpas.
CAUSA
Há zonas com restos de colas de madeira.
SOLUÇÃO
Limpar bem as zonas sujas com colas. Usar colas que sejam compatíveis com os produtos a aplicar.
CAUSA
Óleos e lubrificantes do tapete transportador estão a contaminar as peças aplicadas. As crateras aparecem na superfície da película.
SOLUÇÃO
Limpar o tapete transportador. Reduzir a quantidade de óleo ao mínimo, eliminando o excesso de lubrificante na tela transportadora.
 
 
CAUSA
A pressão de ar do leque é demasiado baixa.
SOLUÇÃO
Aumentar a pressão do ar.
CAUSA
A pressão do produto é demasiado baixa.
SOLUÇÃO
Aumentar a pressão do fluido.
CAUSA
O pintor está a utilizar uma técnica de pulverização incorrecta.
SOLUÇÃO
As camadas sobrepostas devem ser de aproximadamente 50% para cada demão cruzada. Um pintor experiente não deve ter esse problema.
 
 
CAUSA
A pistola está suja.
SOLUÇÃO
Limpar a pistola.
CAUSA
A viscosidade do produto é elevada.
SOLUÇÃO
Ajuste a viscosidade até ao nível recomendado, se o teor em componentes voláteis permitir. Ajuste para a temperatura adequada.
CAUSA
A pressão do equipamento é demasiado alta, causando uma má atomização.
SOLUÇÃO
Diminuir a pressão para melhorar a atomização.
CAUSA
A pressão do fluido é demasiado baixa, provocando uma má atomização.
SOLUÇÃO
Aumentar a pressão do fluido ou diminuir o tamanho do orifício da pistola, para melhorar a atomização.
CAUSA
Há ar na linha de alimentação de produto.
SOLUÇÃO
Apertar as braçadeiras sifão. Inspeccionar quaisquer deficiências nas juntas da bomba. Extrair o ar de linha de alimentação do produto.
CAUSA
Não há produto suficiente no recipiente.
SOLUÇÃO
Encher o recipiente de produto.
 
 
CAUSA
O orifício de saída do líquido é demasiado grande.
SOLUÇÃO
Usar um tubo com uma abertura maior. Se disponível, utilizar um dispositivo de travagem do liquido situado atrás do tubo para favorecer a atomização do liquido.
CAUSA
A tinta ou o verniz está pouco atomizada(o).
SOLUÇÃO
Diminuir o tamanho do orifício de saída até reduzir a quantidade de produto que chega à peça. Assim se conseguirá uma melhor atomização.
CAUSA
O produto não está sendo aplicado a uma temperatura adequada.
SOLUÇÃO
Ajustar os aquecedores de acordo com a temperatura recomendada.
CAUSA
A pistola está demasiado perto da peça.
SOLUÇÃO
Pulverizar a uma distância de 20 - 30 cm.
CAUSA
A viscosidade do produto está fora dos valores.
SOLUÇÃO
Assegurar-se de que os recipientes que contêm o produto estão bem fechados. Inspeccionar uma possível perda de solvente ou adicionar diluente. Conservar uma amostra de produto para controlar a sua viscosidade.
CAUSA
Os solventes do produto ou os utilizados para diluir são demasiados lentos. Nota: Não considerar este problema sem primeiro ter eliminado todos os outros.
SOLUÇÃO
Substituir o solvente utilizado para diluir e/ou modificar a formulação do produto.
CAUSA
A espessura da película aplicada é excessiva.
SOLUÇÃO
Diminuir a pressão do líquido e o tamanho do orifício de saída até reduzir a quantidade de produto que chega à peça.
 
 
CAUSA
A pistola pulveriza demasiado longe da peça.
SOLUÇÃO
Pulverizar a uma distância de 20 - 30 cm.
CAUSA
A camada aplicada é demasiado fina.
SOLUÇÃO
Aumentar a pressão do material para que chegue mais produto à pistola e/ou mover mais lentamente a pistola para aumentar a quantidade depositada.
CAUSA
A pressão de ar na pistola é demasiado alta.
SOLUÇÃO
Diminuir a pressão de ar na pistola. A pressão normal é de 2-4 atm.
CAUSA
O leque está demasiado largo.
SOLUÇÃO
Diminuir o leque escolhendo uma abertura com menor largura e/ou diminuir a pressão de ar no leque.
CAUSA
A viscosidade do produto está fora dos valores recomendados.
SOLUÇÃO
Assegurar-se de que todos os recipientes que contenham o verniz estão bem fechados. Inspeccionar possíveis perdas de solvente ao adicionar diluente. Comprovar a viscosidade numa amostra do mesmo lote, cuja embalagem esteja intacta.
CAUSA
Os solventes utilizados na formulação do produto ou diluente, são demasiado rápidos. Nota: Não ter em conta esta possibilidade sem comprovar antes todas as outras.
SOLUÇÃO
Trocar o diluente e/ou reformular o produto.
 
 
CAUSA
Camada de produto demasiado grossa.
SOLUÇÃO
Diminuir a pressão do líquido ou diminuir o tamanho do orifício de saída até reduzir a quantidade de produto que chega à peça.
CAUSA
A velocidade da linha aumentou, provocando um tempo de arejamento insuficiente.
SOLUÇÃO
Diminuir a velocidade da linha.
CAUSA
A viscosidade do produto é demasiado elevada.
SOLUÇÃO
Reduzir a viscosidade do produto até aos valores recomendados. Assegurar-se de que o teor em Compostos Orgânicos Voláteis não excede o máximo permitido.
Aplicação com Pistola Electrostática Convencional ou de Disco Giratório de Alta Velocidade
 
 
CAUSA
A pressão de entrada do produto é demasiado baixa.
SOLUÇÃO
Aumentar a pressão de entrada do fluido até que a espessura da película seja a desejada.
CAUSA
A unidade de entrada de fluído na máquina está defeituosa.
SOLUÇÃO
Fixar a unidade de entrada do fluido ou substituir por outra.
CAUSA
A velocidade de transporte ou da linha é demasiado rápida.
SOLUÇÃO
Diminuir a velocidade de transporte até à velocidade recomendada.
CAUSA
A alimentação da membrana distribuidora do fluido está mais reduzida.
SOLUÇÃO
Inspeccionar se o lado da membrana por onde chega o fluido tem particular secas ou outras substancias estranhas. Substituir a membrana se for necessário.
CAUSA
O diâmetro da membrana de distribuição de fluidos é demasiado pequeno.
SOLUÇÃO
Calcular a proporção de fluido doseado. Se este for demasiado baixo e não poder ser incrementado com o material utilizado, substituir a membrana de distribuição por uma de diâmetro maior.
CAUSA
O produto está a ser aplicado em camada muito fina com muitas passagens.
SOLUÇÃO
Diminuir a velocidade de vaivém do disco.
CAUSA
A velocidade do disco é demasiado elevada, causando a queda de produto sobre os mecanismos.
SOLUÇÃO
Diminuir a velocidade do disco.
CAUSA
A viscosidade do produto é demasiado alta não havendo uma adequada distribuição.
SOLUÇÃO
Aumentar a temperatura de instalação ou diminuir a viscosidade do produto até à recomendada. Assegurar-se que os recipientes estão devidamente tapados.
 
 
CAUSA
A unidade de entrada está a dosear demasiado material.
SOLUÇÃO
Diminuir a entrada de produto até obter a espessura desejada.
CAUSA
A unidade de entrada do produto está danificada.
SOLUÇÃO
Substituir a unidade de entrada do produto.
CAUSA
A velocidade do vaivém do disco é demasiado lenta.
SOLUÇÃO
Aumentar a velocidade.
CAUSA
A viscosidade do produto é demasiado alta, para que chegue com o fluxo correcto.
SOLUÇÃO
Aumentar a temperatura e/ou diminuir a viscosidade do produto dentro dos valores recomendados.
CAUSA
A velocidade de transporte ou da linha é demasiado lenta.
SOLUÇÃO
Aumentar a velocidade de transporte até ao ponto desejado.
 
 
CAUSA
A viscosidade do produto é demasiado alta.
SOLUÇÃO
Baixar a viscosidade do verniz até aos níveis recomendados e não ultrapassar estes níveis.
CAUSA
O produto está fora da temperatura de aplicação recomendada.
SOLUÇÃO
Ajustar a temperatura até ao valor recomendado.
CAUSA
A velocidade do disco é demasiado lenta.
SOLUÇÃO
Aumentar a velocidade do disco. Inspeccionar o motor do disco para possíveis reparações.
CAUSA
O mecanismo de envolvimento não é o correcto, não trabalha adequadamente, o seu envolvimento é demasiado baixo.
SOLUÇÃO
Girar o mecanismo de envolvimento aumentando a voltagem, ou mandá-lo reparar.
 
 
CAUSA
As peças a aplicar não estão correctamente ligadas à terra.
SOLUÇÃO
Rever a ligação à terra do suporte da peça. Limpar os ganchos que seguram a peça.
CAUSA
A pressão de ar na pistola é demasiado elevada.
SOLUÇÃO
Diminuir a pressão de ar.
CAUSA
A viscosidade é demasiado elevada.
SOLUÇÃO
Ajustar a viscosidade do produto. Ajustar a temperatura à recomendada.
CAUSA
A pressão do material é elevada, causando uma atomatização muito pobre.
SOLUÇÃO
Diminuir a pressão do material para melhorar a atomatização.
CAUSA
A resistividade da pistola não é a correcta.
SOLUÇÃO
Chamar o serviço técnico da pistola para a reparar.
CAUSA
A velocidade da saída de ar é demasiado alta.
SOLUÇÃO
Diminuir a velocidade de saída de ar até um nível aceitável.
CAUSA
A resistividade do produto não está dentro dos valores recomendados.
SOLUÇÃO
Substituir os solventes utilizados para a diluição. Se necessário, ajustar a combinação de solventes da fórmula do produto.
CAUSA
O movimento de vaivém não funciona uniformemente quando a peça está na zona do leque.
SOLUÇÃO
Fazer com que a peça se envernize ou pinte em varias passagens: de 3 a 5 passagens.
CAUSA
O mecanismo de medição do fluido não funciona correctamente provocando o doseamento de quantidades irregulares de fluido.
SOLUÇÃO
Reparar ou substituir o mecanismo de medição do fluido.
CAUSA
O doseamento de fluido interrompe-se muitas vezes quando se faz a passagem do produto.
SOLUÇÃO
Ajustar a membrana de doseamento do fluido. Substituir a membrana se for necessário.
 
 
CAUSA
O mecanismo de envolvimento não trabalha adequadamente e o seu envolvimento é demasiado baixo.
SOLUÇÃO
Girar o mecanismo de envolvimento aumentando a voltagem ou mandá-lo reparar.
CAUSA
As peças a aplicar não estão correctamente ligadas à terra.
SOLUÇÃO
Rever a ligação à terra do suporte da peça. Limpar os ganchos deixando a descoberto o metal.
CAUSA
A velocidade do disco é demasiado alta levando à queda de produto sobre os mecanismos.
SOLUÇÃO
Baixar a velocidade do disco.
CAUSA
A viscosidade é demasiado elevada, produzindo uma pobre automatização.
SOLUÇÃO
Ajustar a viscosidade do produto até à recomendada. Ajustar a temperatura à recomendada.
CAUSA
A velocidade do disco é demasiado lenta, causando uma pobre automatização.
SOLUÇÃO
Aumentar a velocidade do disco.
CAUSA
A pressão do ar é demasiado alta.
SOLUÇÃO
Diminuir pressão de ar.
CAUSA
A resistividade do produto não está dentro dos valores recomendados.
SOLUÇÃO
Adicionar solventes electrostáticos ou aditivos electrostáticos tanto quanto seja necessário. Se o produto o requerer ajustar a combinação de solventes na sua fórmula.
CAUSA
O fluido da linha interrompe-se quando o disco faz movimento de vaivém.
SOLUÇÃO
Ajustar a membrana de distribuição do fluido de entrada. Substituir a membrana se for necessário.
 
 
CAUSA
A voltagem electrostática está demasiado elevada.
SOLUÇÃO
Reduzir a voltagem do disco
CAUSA
O produto é demasiado polar.
SOLUÇÃO
Ajustar o verniz ou tinta para que seja menos polar. Para uma rápida solução aumentar a velocidade do disco para lançar produto mais atomatizado e causar uma secagem mais rápida, embora se tenha que fazer com passagens mais finas de material.
CAUSA
As peças estão colocadas na linha de tal forma que os extremos passam mais perto do disco que o resto da peça.
SOLUÇÃO
Substituir o modelo ou forma de colocação das peças para que as faces da peça estejam ajustadas na sua distância ao disco.
CAUSA
O percurso do vaivém do disco é demasiado grande.
SOLUÇÃO
Reduzir a distância percorrida pelo vaivém do disco. Na maioria dos casos o movimento do disco deve ser ajustado no seu percurso com os topos da linha antes de ser usado.
 
 
CAUSA
A carga electrostática está a causar o efeito da caixa de Faraday.
SOLUÇÃO
Reduzir a voltagem do disco e/ou aumentar a velocidade do disco.
CAUSA
A quantidade do fluido doseada é demasiado baixa.
SOLUÇÃO
Aumentar a quantidade do fluido doseada.
CAUSA
A atomização do verniz é pobre, resultando numa pobre cobertura da peça.
SOLUÇÃO
Ajustar até obter a espessura desejada.
 
 
CAUSA
O equipamento electrostático não está ligado ou não funciona correctamente.
SOLUÇÃO
Ligar à corrente ou mandá-lo reparar.
CAUSA
As peças a aplicar não estão correctamente ligadas à terra.
SOLUÇÃO
Rever a ligação à terra do suporte da peça. Limpar os ganchos que seguram a peça.
CAUSA
A pressão de ar na pistola é demasiado elevada.
SOLUÇÃO
Diminuir a pressão de ar.
CAUSA
A viscosidade é demasiado elevada.
SOLUÇÃO
Ajustar a viscosidade do produto se o teor em compostos orgânicos voláteis o permitir. Ajustar a temperatura para os valores recomendados.
CAUSA
A pressão do material é elevada, causando uma atomatização muito pobre.
SOLUÇÃO
Diminuir a pressão do material para melhorar a atomatização.
CAUSA
A resistividade da pistola não é a correcta.
SOLUÇÃO
Chamar o serviço técnico da pistola para a reparar.
CAUSA
A velocidade da saída de ar é demasiado alta.
SOLUÇÃO
Diminuir a velocidade de saída de ar até um nível aceitável.
CAUSA
O mecanismo de envolvimento do disco giratório não está a trabalhar correctamente.
SOLUÇÃO
Aumentar a voltagem ou chamar o serviço para proceder à sua reparação.
CAUSA
A velocidade do disco é muito alta, levando a que o produto caia fora das peças.
SOLUÇÃO
Baixar a velocidade do disco.
CAUSA
A resistividade do produto não está dentro dos valores recomendados.
SOLUÇÃO
Substituir os solventes utilizados para a diluição. Se necessário, ajustar a combinação de solventes da formula do produto.
 
 
CAUSA
O operário não está bem ligado à terra.
SOLUÇÃO
Assegurar-se que o solo está correctamente ligado à terra. O operário deve utilizar sapatos com solas isolantes. Deve usar apenas luvas que estejam preparadas para uso electrostático.
CAUSA
A pistola não está correctamente ligada à terra.
SOLUÇÃO
Deve chamar o serviço técnico da pistola para a ligar correctamente.
CAUSA
A cabine tem uma má saída de ar.
SOLUÇÃO
Rever a saída de ar da cabine e corrigi-la.
CAUSA
A aplicação não está correcta.
SOLUÇÃO
Como tanto o operário como a peça estão ligados à terra, o produto é atraído por ambos. Para evitar que este faça retorno ao operário há que manter a pistola mais perto da peça do que do operário.
 
 
CAUSA
A bomba produz grandes oscilações de pressão na distribuição do produto.
SOLUÇÃO
Substituir a bomba por outra com menos oscilações de pressão .
CAUSA
A camada aplicada é demasiado fina.
SOLUÇÃO
A membrana de distribuição do produto está deteriorada.
CAUSA
Substituir a membrana.
 
 
CAUSA
O disco está sujo.
SOLUÇÃO
Limpar o disco, incluindo a parte da câmara. Assegurar-se de que não esteja ligado à corrente.
CAUSA
A viscosidade do produto é demasiado alta.
SOLUÇÃO
Baixar a viscosidade do verniz para a recomendada. Não é recomendado exceder demasiado a viscosidade adequada.
CAUSA
A velocidade do disco é demasiado lenta.
SOLUÇÃO
Aumentar a velocidade do disco.
CAUSA
A pressão de entrada do produto é demasiado alta.
SOLUÇÃO
Diminuir a pressão de entrada do produto.
 
 
CAUSA
A peça aplicada não está correctamente ligada à terra.
SOLUÇÃO
Inspeccionar a ligação à terra do suporte da peça. Limpar os ganchos que seguram a peça para que o metal fique a descoberto.
 
 
CAUSA
O operador não está correctamente ligado à terra.
SOLUÇÃO
Assegurar-se que o solo está correctamente ligado com a terra. O operário deve levar sapatos com solas isolantes. Utilizar apenas luvas que estejam preparadas para uso electrostático.
CAUSA
O disco não está correctamente ligado à terra.
SOLUÇÃO
Chamar o serviço de manutenção da pistola para que instalem uma ligação à terra apropriada.
CAUSA
A pistola não está correctamente ligada à terra.
SOLUÇÃO
Chamar o serviço de manutenção da pistola para que a liguem correctamente.
 
 
CAUSA
Os fechos herméticos estão sujos.
SOLUÇÃO
Limpar as juntas, assegurando-se de que a velocidade de vaivém do disco não é demasiado rápida.
 
 
CAUSA
O movimento de vaivém do disco não faz um percurso suficientemente grande.
SOLUÇÃO
Aumentar o percurso do vaivém do disco. Este movimento de disco deve ser ajustado no seu percurso com os topos da linha antes de ser usado na maioria dos casos.
CAUSA
O fluido da linha interrompe-se quando o movimento do vaivém atinge o topo do percurso.
SOLUÇÃO
Ajustar a membrana de entrada do fluido e substituir a membrana se for necessário.
CAUSA
O desenho dos ganchos da linha é a causa do verniz ser conduzido para fora dos limites do percurso de vaivém.
SOLUÇÃO
Substituir os ganchos e a sua forma.
CAUSA
O mecanismo de medição e doseamento do produto não funciona correctamente.
SOLUÇÃO
Reparar ou substituir o mecanismo de medição do fluido.
CAUSA
A velocidade do disco é demasiado lenta.
SOLUÇÃO
Aumentar a velocidade do disco.
CAUSA
A viscosidade do produto é demasiado alta impedindo o doseamento correcto do produto.
SOLUÇÃO
Aumentar a temperatura para o nível recomendado e/ou diminuir a viscosidade do produto dentro dos limites recomendados.
Quero ser contactado
Contacte-nos
Newsletter Tintas Lacca
Guia de Pintura

© Tintas Lacca - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Trimerang.com